quarta-feira, abril 30, 2008

Vamos ao CCC?

Será inaugurado no próximo dia 15 de Maio o Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.
Para além duma promissora arquitectura, o centro avançou já com uma interessante agenda para os próximos meses, capaz de incrementar o trânsito do lado de cá do IP6.
Os bilhetes estarão disponíveis na bilheteira do Centro, a partir do dia 5 de Maio, das 14h às 20h.
(Foto retirada do informativo blogue não oficial)

Peculiares Relaxes (IX)

Janela (do Castelo) das Portas (de Ródão)

terça-feira, abril 29, 2008

Devaneio epicurista

Tem dias assim, em que mal nos sobra tempo para Kandinsky....
Small Pleasures, 1913
Kandinsky, Wassily

segunda-feira, abril 28, 2008

Amanhecendo...

Fui ver a exposição "O Rosto de Ary dos Santos" no Edíficio Cultural da C.M. Peniche.
Resulta um pouco curta a exposição da vida e obra do poeta-provocador-resistente.
Mas o que mais mostrar de alguém que já assim se define?

Auto-Retrato

Poeta é certo mas de cetineta
fulgurante de mais para alguns olhos
bom artesão na arte da proveta
narciso de lombardas e repolhos.

Cozido à portuguesa mais as carnes
suculentas da auto-importância
com toicinho e talento ambas partes
do meu caldo entornado na infância.

Nos olhos uma folha de hortelã
que é verde como a esperança que amanhã
amanheça de vez a desventura.

Poeta de combate disparate
palavrão de machão no escaparate
porém morrendo aos poucos de ternura.

Dá-me o telemóvel, já!

Muita tinta correu (e toque soou), sobre o episódio da aluna e professora em disputa por um telemóvel na sala de aula.
Muitas foram as soluções veiculadas para o problema, mais ou menos pedagógicas, mais ou menos efectivas.
Não tenho a veleidade de querer entrar nessa contenda.
Mas permitam-me que convosco partilhe uma solução que, não sendo decerto consensual, teria pelo menos o mérito da eficácia plena.

video

sexta-feira, abril 25, 2008

Torre


A liberdade é para ser levada ao ponto mais alto!

quinta-feira, abril 24, 2008

Nunca mais!

Foto de Vítor Ribeiro

A seita tem um radar...(VIII)

É sempre bom cair no real...

Poemeta do Parque Anónimo

Amanhã temos evento,
pretexto para estar ufano.

Inaugura-se novo Parque,
aquele...o tal....o urbano!

Jorra a fonte cibernética,
já tem pouco de mundano.
Está bonito assim o Parque,
esse...acolá....o urbano!


Já se chega em segurança,
tem acesso pedonal.
Um Parque assim, é de ver....
É urbano! (não rural.)

Podia ser citadino;

ou até metropolitano.
Atributo nunca é nome,
tal como não o é: "urbano"!



Talvez se note que não me conformo com a ausência de nome para o novo Parque.
Convenhamos que tal denota pobreza, no mínimo, de imaginação.
Mas não reflecte a vontade e a capacidade penicheira que já aqui demonstrou ser profícua em ideias para o efeito.
Lanço mais uma, em desespero de última hora: Parque Amigos de Peniche.
Assim mesmo, demonstrando a Portugal e ao Mundo o orgulho na consagrada amizade penicheira, acima de qualquer imbróglio histórico.
Nem que para isso tenha de mudar o nome ao blogue....

Parque.... Aquele, o tal...o urbano!

Está quase tudo pronto para a inauguração, amanhã, do novo Parque urbano.
Ultimam-se os acessos pedonais, afina-se a fonte cibernética e até os bobis já podem botar soltura em local apropriado.
Tem sido notório, nas últimas semanas, o esforço da CMP em concluir os trabalhos.
Com este ritmo, é caso para acreditar na recuperação do vermelho...

quarta-feira, abril 23, 2008

A táctica do placebo sacrificial

O meu avô materno era um bom garfo (a quem devo metade da minha herança genética na matéria).
Tinha especial apetência por mariscos, mas atirava-se com igual destreza a pratos de peixe ou carne e deleitava-se demoradamente pelas sobremesas. Tudo isto bem regado, é claro!
Na fase mais avançada da sua vida começou a ter problemas digestivos. Passava mal após as refeições. Foi mais ou menos por essa altura que ganhou o hábito inamovível de comer uma canjinha após os repastos mais avantajados.
Depois de o vermos atirar-se com galhardia a umas tantas navalheiras, um monte de camarões, uns "carros" de sapateira, enfrentava com igual vigor e ligeireza umas pratadas de caldeirada e banqueteava-se em repetição pelos doces. Era sempre com algum espanto que o víamos no fim avançar metódico para a sua canjinha.
No dia seguinte estava invariavelmente indisposto, quebrado.
Era então que, em tom de certeza conformada, nos confidenciava:
- Não foi senão aquela canjinha de ontem que me caiu mal.

terça-feira, abril 22, 2008

Incentivo à molhadela

Convém aqui relembrar duas interessantes iniciativas a terem lugar amanhã em Peniche:

Ainda amanhã, e também inserida no âmbito do Dia Mundial do Livro, arrancará a iniciativa "Abril livros mil", com duração até 4 de Maio. Promovida pela Associação Juvenil de Peniche, esta iniciativa que decorrerá junto ao Fórum da Parreirinha, das 15h às 23h00, permitirá a aquisição de livros a preços mais contidos.
É caso para ir ver...mas sem levar chapéu de chuva!

Dia Mundial da....

Tão imponente que por vezes nos faz esquecer quão frágil é!

segunda-feira, abril 21, 2008

Um ano e três meses depois......

Finalmente dei conta das lombas que suportarão as novas passagens de peões de acesso ao Parque Urbano.
Trata-se de uma das bandeiras há muito defendida neste blogue, com grande colaboração de muitos leitores que partilharam essa preocupação e indignação.
Reconheça-se que os processos em organismos públicos não têm por vezes a ligeireza que gostaríamos, mas não abdico da legitimidade que nos assiste duma participação cívica denunciando a premência ou pertinência de certas intervenções.
E depois, com a proporcional humildade, saborear a agradável sensação de dever cumprido.

Pedro e o Blog

Um novo link na faixa lateral remete para “Pedro e o Blog”.
Trata-se dum blogue sobre finanças pessoais visando a árdua tarefa de manutenção duma vida financeira saudável e esclarecida. Nele se encontram um sem número de artigos e ferramentas proveitosas nos domínios da poupança, investimentos, créditos e muito mais, para além da possibilidade de discussão e esclarecimentos adicionais.
De extrema utilidade e com um grande título, que nos leva a tê-lo em conta logo ao primeiro aviso, não vá ser verdadeira a ameaça de crise...

sexta-feira, abril 18, 2008

Já fez a sua reserva na Biosfera?

Gostaria muito que os meus netos pudessem usufruir de todos os momentos inebriantes de contacto com a natureza selvagem que tive oportunidade de vivenciar nas Berlengas.
Torna-se por isso premente garantir que isso seja possível, e a candidatura da Berlenga a Reserva da Biosfera terá aí um papel importante.
Será também motivo de orgulho (e de promoção turística) para Peniche poder evidenciar ao mundo que é dada a devida atenção às questões da sustentabilidade e biodiversidade no arquipélago, tão ameaçadas que são pela carga humana nos meses de Verão.
Só espero é que com tanta difusão e enfoque mediático no Arquipélago, não se esqueçam de apertar o efectivo controlo de acessos, já no próximo Verão.

Portaria 270/90 de 10-4-1990:
"Manda o Governo, pelo Ministro do Ambiente e Recursos Naturais, ....., que a capacidade de carga humana na Reserva Natural da Berlenga não deve exceder os 350 indivíduos, enquanto se verificarem as características actualmente prevalecentes nesta área protegida..."

Pequena dica para noite parreirinha

O município de Peniche promove, no dia 30 de Abril, um espectáculo com cerca de uma dúzia de grupos de dança do Concelho de Peniche, no âmbito do Dia Mundial da Dança (que se comemora na véspera).

O espectáculo terá lugar no Fórum da Parreirinha, pelas 21h30, (ou na AEFCRP, caso as condições meteorológicas assim o exijam).

quinta-feira, abril 17, 2008

De novo a amizade penicheira

Quem nunca esteve em Peniche, ainda se vê a incorrer em injustas avaliações sobre a lealdade dos seus naturais, baseadas em imbróglios históricos.
Quem por cá se demora um pouco, sabe dar o devido valor à amizade penicheira.
Vem isto a propósito desta curiosa iniciativa, onde de novo a Amizade e a Liberdade se afirmam como os principais faróis do penicheirismo.
Tem a minha total sintonia!

Foto de Vítor Ribeiro

Exposição Amizade e Liberdade da artista holandesa Winy Smit-Vuijk.
De 25 de Abril a 25 de Maio na Fortaleza de Peniche.
A exposição consiste numa mostra de fotografias de Peniche na década de 40 e de peças de arte criadas recentemente pela artista.

Uma )interessante( iniciativa

Estará exposto ao público nos dias 25, 26 e 27 de Abril, o resultado do Projecto )parêntises(, projecto de intervenção artística na Fortaleza de Peniche, sob a forma de Residência de Artistas, que decorre entre os dias 19 e 24 de Abril.
É uma grande oportunidade de ficar a conhecer o trabalho de tão )promissores( artistas.
E é assim que a arte e a cultura em Peniche adquirem mais "fortaleza".
Foto de Vítor Ribeiro

quarta-feira, abril 16, 2008

Quase...quase perfeito

Decorrem a bom ritmo os trabalhos de consolidação do Molhe Oeste do Porto de Peniche, conforme tão bem ilustra a completa reportagem fotográfica de FGV, no Pinturas em Peniche.
Apesar de ser uma das maiores obras realizadas em Peniche nos últimos anos, prossegue quase sem propaganda ou divulgação, quase sem crítica ou contestação.
Acresce-se justificar, quase sem política...

200 anos da Batalha da Roliça

No dia 17 de Agosto de 1808, desenrolou-se nas colinas junto à Roliça uma batalha entre o exército francês e as tropas anglo-lusas.
Na contenda, entre muitas outras baixas, perdeu a vida o Tenente-Coronel inglês G. A. Francis Lake.
Foi sepultado no local pelas suas tropas, dando origem a este inesperado monumento encastrado entre pomares de pêra rocha.

terça-feira, abril 15, 2008

Com quantos livros se faz uma vida?

Dia 23 de Abril, no Dia Mundial do Livro, a Biblioteca Municipal de Peniche irá promover uma tertúlia sobre o Livro e a importância da leitura.
A actividade terá lugar numa das salas da Biblioteca, pelas 21H30, e pretende ser uma partilha de informação (e emoção) sobre os livros que marcaram as nossas vidas.
Gostei do título da tertúlia, que também utilizei.
Livros
Van Gogh

Com entrada livre...

Vai decorrer nos dias 25, 26 e 27 de Abril de 2008, das 15h00 às 22h30, no salão das juntas de freguesia de Peniche, a exposição colectiva de pintura do grupo Amigos de Pintar.
Em Peniche, é sempre de confiar nas grupagens baseadas na amizade!

segunda-feira, abril 14, 2008

O Caminho da Roliça

Já tive oportunidade de efectuar o passeio pedestre "O Caminho da Roliça", que aqui divulguei.
Percorrem-se os lugares da batalha da Roliça nas invasões francesas, mas que também são zonas de grande beleza paisagística, a escassos minutos de Peniche.
O passeio começa junto ao chafariz da Roliça, passa pela Columbeira, sobe à serra do Picoto e desce pelo vale do Roto, de volta ao local inicial.
Para além do reconhecimento dos posicionamentos do exército invasor, há ainda a descoberta em plena serra do inesperado túmulo do general Lake.
No topo da serra do Picoto vê-se quase meio Oeste, para além do feliz enquadramento do Planalto das Cezaredas. Só este panorama vale o passeio, mas no trajecto há muitas mais vistas e paisagens a não perder....

4º Jantar Vínico da Tasca do Joel

Nesta 4ª investida testava-se a casa chilena Concha y Toro, devidamente representada.
Abriu-se com um Casillero del Diablo Sauvignon Blanc, leve e divertido, que deu conta das Moelas de Pato, mas sem surpreender. Já o Marquês de Casa Concha Chardonnay foi a surpresa da noite, com complexidade capaz de ir muito além do Bacalhau à Lagareiro que o acompanhou. Nos Secretos de Porco Preto com Pera Rocha havia escolha dupla. Um redondo, intenso e consensual Casillero del Diablo Reserva Tinto, ou um mais afoito Terrunyo Carmenere, um curioso e personalizado autóctone.
Extra cardápio, o representante da casa brindou-nos ainda com umas Magnuns dum soberbo e consagrado Don Melchior, que mereceu unânime aclamação.
As Bolinhas de Chocolate Recheadas e o Ananás com Trouxa de Ovos deram o lastro necessário ao guloso e untuoso Concha y Toro Late Harvest, que fechou em grande a contenda.
Ficou bem o Chile nesta divulgação, e após tal profusão de agradáveis néctares, a avaliação fez-se em fluente castelhano: "A nosotros nos ha gustado mucho los vinos de Chile".

sexta-feira, abril 11, 2008

Casa roubada, escadotes à porta

Provavelmente devido aos elevados preços que atingem em leilões na Net, centenas de azulejos antigos de fachadas de edifícios de S. Martinho do Porto, Foz do Arelho e Caldas da Rainha estão a ser roubados.
A PSP já identificou dois indivíduos na posse de algum do material roubado e apreendeu um escadote.
Percebe-se a revolta dos proprietários e dos locais que vêem algum do característico património arquitectónico da zona desfigurado.
Percebe-se o esforço em medidas preventivas para evitar a continuidade de tamanha atrocidade.
Percebe-se o esforço da PSP, GNR e Polícia Judiciária em tentar travar tais meliantes.
Percebe-se a azáfama de acções que toda esta situação desencadeou.
Só custa a entender porque é que os dois energúmenos, apanhados em posse dos azulejos roubados, " ficaram em liberdade, a aguardar o desenrolar das investigações policiais."
Como se não houvesse mais escadotes.....

Em sessão aberta à comunidade

No próximo dia 23 de Abril de 2008, às 14h30m, no Auditório da Escola Secundária de Peniche, irá decorrer o colóquio subordinado ao tema “Importância do Registo Geológico de Peniche”.
Os geólogos falam-nos do Estratotipo do limite entre o Pliensbaquiano-Toarciano e parece que Peniche possui o melhor registo mundial de transição entre aqueles andares jurássicos, o que brevemente será reconhecido pela comunidade científica mundial (GSSP do Toarciano).
Julgo que muitos ainda não se inteiraram da extrema importância desta classificação (ao que não é alheio o esforço "boquiaberto-torcido" que é necessária para articular alguns dos termos-chave), e têm aqui uma excelente oportunidade para o fazer.
Porém, todos aqueles que, como eu, gostam de deambular pela costa norte penicheira, nunca tiveram dúvidas de que aquelas rochas nos contam uma antiga história.
E de que essa história é particularmente bem ilustrada.....

quinta-feira, abril 10, 2008

Prometedora investida

Há muito por aí a teoria de que os vinhos portugueses são os melhores do mundo.
Teorias.....
Eu sou dos primeiros a reconhecer que entornam qualidade, mas e os outros?
Já não falo só da berço europeu, mas dos países do novo mundo onde a qualidade dos néctares tem subido exponencialmente.
Contra supostas teorias, só mesmo uma atenta e exaustiva experimentação....
Depois vos conto!

(4º jantar vínico da Tasca do Joel, sexta, 11 de Abril, pelas 20h00, com os vinhos chilenos da casa Concha y Toro)

Pen....ínsula de Coral

Foi num comentário dum anterior post que colhi esta informação:

"Embora sem o elevado nível verificado no passado sábado vivido na Igreja de São Pedro, informo que no próximo sábado,dia 12, no mesmo local e à mesma hora (21h30) haverá um concerto com o Coral Stella Maris (que festeja 31 anos de existência), o Grupo Coral de Montemor-o-Novo e o Grupo Coral de Santarém. Grupos amadores que necessitam do nosso carinho."

...que não consegui confirmar em mais nenhuma fonte.

Aqui fica a tremida divulgação com um apelo à sua confirmação.

Hugo Chávez e eu

Ando preocupado com este meu alinhamento com Hugo Chávez.
Já não é só na antipatia por Bush, não!
Agora vejo-me também a concordar que as Marés Vivas até têm um ou outro ponto mais interessante que os Simpsons.

quarta-feira, abril 09, 2008

Ainda este blogue é uma criança...

O sitemeter do "Amigos de Peniche" atingiu ontem as 50000 visitas, depois de mais de 750 posts e em vésperas do seu segundo aniversário.
A todos os que por aqui têm passado e/ou participado agradeço a intervenção, a argumentação, a provocação e a cumplicidade.
Estou certo que nos une a intenção de tornar Peniche uma terra (ainda) melhor.
Para isso, continuo a desejar poder contar com a vossa fiel e pertinente colaboração.
Não é sempre assim entre Amigos?....

Com ou sem pontinhos...



Com abril, ficou mais rica a blogosfera penicheira.

terça-feira, abril 08, 2008

Com humor, mas não só...

Também vale o desvio a deslocação ao Museu do Hospital e das Caldas para ver a exposição "Água com Humor", que aqui atempadamente recomendei.
É impressionante como uns rabiscos em papel nos conseguem provocar emoções tão fortes que vão desde uma sonora gargalhada, até uma preocupante apreensão.
A não perder, até 4 de Maio.

Louvável iniciativa

Gostei do "Requiem para um inca defunto", que aqui divulguei.
Boa orquestra, grande componente vocal e uma surpreendente acústica da Igreja de S. Pedro em Peniche, conjugaram-se para um espectáculo bastante conseguido.
Mas o melhor mesmo foi a grande afluência de público que encheu por completo a Igreja.
Melhor que a Missa do Galo, este Concerto do Peru!

segunda-feira, abril 07, 2008

A tinta ou a vida?

Não tinha o propósito de voltar a este assunto tão cedo.
Mas não posso ficar indiferente à imagem que testemunhei ontem, duma criança que, em bicicleta, sai do Parque Urbano por esta saída, e sem qualquer paragem ou abrandamento atravessa as duas faixas de rodagem, em ambos os sentidos.
Só não levei as mãos à cabeça porque também circulava de bicicleta e prezo muito a segurança.
Com o tempo quente, são cada vez mais os utentes deste parque, muitos deles crianças não escoltadas, a arriscarem travessias mais ou menos afoitas, face à inexistência de zonas para o efeito.
Acredito que nos bastidores se projecte a solução para os acessos pedonais ao Parque.
Mas enquanto tal não acontece, e bem mais de um ano depois do alerta, será que não se poderia pegar numa lata de tinta e rabiscar uma provisória passagem de peões.
Não me parece pedir muito!
Bastaria o mesmo empenho que foi colocado na experimentação e conclusão da fonte cibernética para a já próxima inauguração....

O Planeta dos Macacos

Charlton Heston morreu ontem.
E o homem continua sem conseguir provar ser a melhor espécie para garantir a viabilidade e sustentabilidade do planeta.

sexta-feira, abril 04, 2008

A Sereia de Peniche

Pessoa que muito prezo(!), desafiou-me para fazer uma sondagem sobre os mais ilustres penicheiros.
Não o vou fazer! Por um lado porque não sou muito adepto desse tipo de sondagens, apenas promovo as que possam contribuir para a melhoria de Peniche, por outro, porque de facto não há ilustres penicheiros.
Ui!... corro o risco de ser já aqui trucidado e soterrado por uma avalanche de nomes trazida de cartapácios locais, mais ou menos conhecidos. Mas por muitos que sejam os nomes avançados, nenhum deles persiste fora de concelho e, para lá do Alto Foz, ninguém os reconhece. Insignes personagens cujo nome seja reconhecido à dimensão nacional pura e simplesmente não há.
Mas que não se pense que é a terra que não gera doutas figuras. Não! Pelo contrário! Orgulho-me de ter conhecimento de muitos autóctones capazes de ombrearem com as mais ínclitas personagens nacionais, nos mais variados domínios. Mas quando chega o momento de rumar a outras paragens para vingar e prosseguir numa carreira auspiciosa, voltam no dia seguinte, abrem as janelas no Alto Foz, e como que saídos de largos minutos em apneia, inspiram sofregamente este ar penicheiro, carregado de iodo, sonho e maresia.
E por cá vão ficando, cada vez mais sábios, mais amigos e mais enamorados.

Peniche evoca Tupac Amaru II

No seguimento disto, terá lugar na Igreja de S. Pedro em Peniche, amanhã, pelas 21h:45, a execução do Requiem KV 626 em Ré menor de Mozart, interpretado pela Orquestra Filarmonia de Gaia, sob o título "Requiem para um inca defunto".
A iniciativa insere-se no âmbito do projecto “Peniche: encontro entre dois continentes”, uma parceria entre a CMP e a Embaixada do Perú, visando promover eventos evocativos do naufrágio do navio San Pedro de Alcantara em 1786.
Vou estar presente e em reflexão.
Entrada livre.

quinta-feira, abril 03, 2008

Ainda há futebol que me cativa....

>

Pegada Ecológica

"Alguma vez pensou na quantidade de Natureza necessária para manter o seu estilo de vida? ..... Com este questionário ficará a conhecer esse impacto. Este Teste calcula a sua Pegada Ecológica fazendo uma estimativa da quantidade de recursos necessária para produzir os bens e serviços que consome e absorver os resíduos que produz."
Para usar com frequência, pelo menos até não deixar rasto....

quarta-feira, abril 02, 2008

Res, non verba!

Foi tudo por causa duma pergunta referente ao Bairro Clandestino de ocupantes de etnia cigana, no centro de Peniche.
O Jornal de Leiria promoveu a entrevista. A pergunta é de José Leitão, deputado municipal do PSD. O respondente é o Presidente da Câmara Municipal de Peniche.
Correu mal! Houve acusações de falta de verdade e de ofensas à honra pelo meio. O deputado José Leitão suspende o mandato por 3 meses e põe mesmo em causa a sua posterior continuidade nos orgãos do município.
Como vêem, muito mexe a política autárquica em Peniche.
O bairro clandestino, esse claro, continua lá....

3º Jantar Vínico da Tasca do Joel

Também não faltei ao 3º Jantar Vínico da Tasca do Joel, que aqui anunciei.
Desta vez foi a versátil e inovadora casa Campolargo da Bairrada que tivemos o prazer de degustar.
O evento contou com a presença de Carlos Campolargo, que nos deliciou com vasta informação sobre o mundo do vinho e da sua empresa em particular.
A sala manteve uma excelente moldura de participantes, com toda a descontracção e boa disposição que só um evento vínico consegue proporcionar. O serviço manteve-se esforçado e discreto e a componente sólida não desmereceu.
Foram 7 (sete!!) os vinhos em prova.
O engraçado Espumante Campolargo e o deslumbrante Entre II Santos Branco deram conta das entradas.
Com o bacalhau, travaram forças um original Campolargo Tinto 2004 e um consistente Termeão Pássaro Vermelho.
Nas carnes brilharam um punjante Calda Bordaleza e um arrojado Rol de Coisas Antigas
Os mais resistentes ainda regaram os doces com um persistente Espumante Campolargo Bruto Rosé.
Dia 11 de Abril há mais, desta vez com incursões por aromas chilenos, já que no mundo dos vinhos as fronteiras são mais esbatidas.
(Se ao menos nas assembleias da ONU, em vez da pindéricas garrafinhas de água, se usassem umas meias garrafas de vinho, o mundo seria decerto um lugar mais harmonioso.)

terça-feira, abril 01, 2008

A seita tem um radar...(VII)

No objectiva-mente estão dispostos a esperar várias horas por uma bela caldeirada, capturada com estas redes.
Calculo que esperarão muito mais, usando estas artes....


Todos os dias são dias da mentira

Hoje não haverá trânsito automóvel na zona pedonal do Largo 5 de Outubro, Largo D. Pedro V e Rua José Estevão, no centro de Peniche.