terça-feira, julho 01, 2008

O rescaldo das Fogueiras

É uma sensação única a de estar entre os mais de 2000 participantes da Corrida das Fogueirinhas aguardando 10 minutos para que os cerca de 2000 atletas da Corrida das Fogueiras iniciem a sua prova.
É uma mole infindável de atletas que se vai alargando e serpenteando pelas ruas da península.
No meio do pelotão onde me integro, há um saudável ambiente de festa, de camaradagem, de alegria e amizade, que muito tem contribuído para tornar esta prova numa das mais populares do país e que tão bem reflecte o espírito anfitrião penicheiro.

Há que reconhecer o megalómano esforço de organizar um evento desta envergadura que voltou a recolher largos elogios de muitos participantes.
Também existiram algumas falhas que importa apontar e corrigir.
Da minha participação, realço a estreiteza do percurso na Avenida Monsenhor Bastos, que torna as ultrapassagens quase impossíveis, e o atalhar de grande parte dos participantes das Fogueirinhas na rotunda da N. Sra Boa Viagem, causando o entupimento do trajecto para os atletas mais rápidos.
Haverá que trabalhar mais esta zona inicial do trajecto, comum às duas provas, de modo a contemplar sem atropelos os mais de 4000 participantes e, simultaneamente, garantir o acesso de trânsito a Peniche. Ou recorrendo a trajectos alternativos de maior largura (estrada de acesso ao estádio do GDP + túnel para o Campismo, por exemplo) ou, mais simplesmente, alargando a desfasagem de partida entre as duas provas.
Mas uma opinião individual de pouco valerá. Por isso coligi outras: no Mundo da Corrida, no Ateltas.net e num ou noutro blogue (este último de onde levianamante usurpei a foto).

(P.S.: O que julguei tratar-se dum lapso aqui apontado, afinal não o era. É que para o trajecto da prova, nesta edição, a Revista prevaleceu sobre o Regulamento)

2 contributos:

At 1/7/08 15:08, Blogger Paulo Leitão Santos disse...

Para além dos aspectos referidos, há ainda outra coisa que merece o meu comentário: como é que passadas 65 horas da prova terminar ainda não temos as classificações publicadas???? Eu pelo menos não as encontro no site da CMP...

 
At 4/7/08 17:07, Anonymous Anónimo disse...

Será que a entrega dos dorsais não poderia ser feita no forte? ou mesmo no campo da républica, utilizando uma tenda grande ou num outro local mais no centro da cidade? As falhas devem ser corrigidas para o próximo ano.
Esta corrida é, neste momento a 4ª maior do país.

 

Enviar um comentário

<< Home