terça-feira, março 31, 2009

Janela indiscreta?

39 contributos:

At 31/3/09 19:46, Anonymous Anónimo disse...

É tudo verdade! Eu já vi!

 
At 31/3/09 19:50, Anonymous Anónimo disse...

Eu também vi!

 
At 31/3/09 20:21, Anonymous Anónimo disse...

Vai de propósito olhar para a malta a fazer amor no capô do Tó Maria? Ai, ai, ai...oh minha senhora...vá lá ver a novela!

 
At 31/3/09 20:53, Anonymous Anónimo disse...

Podiam muito bem ter escolhido um porta voz que focasse de uma outra maneira o assunto. Por exemplo quem redigiu o abaixo assinado! Na minha modesta opinião um caso que não é de todo tolerável ficou-se pelo aspecto digamos anedótico devido à presença da manifestante... no capô do Tó Maria da Pastelaria... Compreendo a luta mas não sei se a mensagem passou ou se deu azos a gargalhadas

 
At 31/3/09 21:36, Anonymous Anónimo disse...

No capô do Tó Maria? tss tss

 
At 31/3/09 21:42, Anonymous Anónimo disse...

A luta?? Qual luta? Não é luta pá, é amor man!!!

 
At 31/3/09 21:58, Blogger Adolfo Dias disse...

um 'enxugo' de mocada e resolvia-se o problema!

 
At 31/3/09 22:27, Anonymous J.A.M. disse...

Toda a situação ficou com um tom humorístico de uma virada.
Quanto ao abaixo-assinado, ainda não vi e, segundo me parece, não assinarei.
Concordo com um policiamento um pouco mais rígido quanto ao uso das paredes como urinol(se bem que esse mesmo policiamento possa ter outras aplicações mais práticas do que chatear o raio dos putos) mas, segundo percebi, o documento trata também de obrigar bares a fechar mais cedo e tal poderia contribuir para vários problemas e mesmo piorar a situação das coitadas das paredes.
A culpa não é dos bares, e não são, certamente, apenas "estudantes" a fazer tal coisa,os "estudantes a que se referem podem certamente usar as casas que alugam para fazer o sexo todo que quiserem, não precisam de andar em cima do capô do carro do outro. Serão certamente jovens da terra que o fazem (e nada tenho contra tal, eles fazem o que quiserem e o que a educação que lhes foi dada permite,se forem apanhados em flagrante o azar é do "apêndice" deles e não do meu!) e basta pensar um pouco para que tal se torne evidente.
Por outro lado parece-me detectar um pouco de ciúmes por parte da coitada da senhora (desculpem a piada).
No meio disto tudo, quem sofre é o capô do Tó Maria ali da pastelaria por ter de aturar os putos a fazer "O AMOR", 'tadinho do Capô!

Obrigado mais uma vez J.P. pelo serviço de utilidade pública que presta neste blog.
Saudações penichenses.

 
At 31/3/09 23:13, Blogger J.A.M. disse...

P.S.
Caro J.P. espero que não haja problema em pôr um link dirigido a este seu post no meu blog porque, por mais que tente, não encontro o código de embbed para que possa incorporar o clip de som.
Em caso de algum problema se levantar por tal, removerei o link do meu blog caso o solicite.

 
At 31/3/09 23:14, Anonymous Anónimo disse...

A questão principal não se prende ao facto dos moradores pretenderem o encerramento dos bares.Prende-se sim ao facto de exigir respeito (palavra com tendência a desaparecer do vocabulário português e principalmente do povo de Peniche e de quem cá vem parar) por quem tem como zona de residência as referidas ruas...
Já passei muitas noites em branco...
Se os meninos estudantes ou os "da terra" (não interessa a proveniência!) não trabalham nem tão pouco estudam...há quem o faça e precise de horas de descanso...
Já assisti a cenas decadentes...não por não ter televisão (até há programas muito bons às 3h da manhã...) mas lá está, gosto de me sentar em frente à TV porque me apetece e não porque tenho insónias devido ao barulho que quase nos enlouquece...
Se se chama a atenção dos meninos e se pede que se controlem no palavreado ou que pelo menos controlem o volume de voz...é quando o volume aumenta...

A Policia lá passa de tempos a tempos na zona...mas o que podem fazer?? Meter dezenas e dezenas de "borrachões" no carro e levá-los para a esquadra? Quando a Polícia passa...o volume (de voz e da música!!)diminui...mas assim que dão meia volta...é como a expressão "vira o disco e toca a mesma"...

É por estas e por outras que a situação se tem vindo a agravar...
Acho incrivel, em zonas residenciais, os bares terem licenças até às 2h da manhã...ainda se houvesse respeito da parte dos próprios donos...mas lá está: é negócio! Quanto aos moradores...estão-se nas tintas!

Uma noite...vá lá...ainda se aguenta...
Duas, três,quatro...a semana inteira! Só quem vive na zona é que sabe o que passa...

De quem é a culpa?! DE TODOS!
Dos bares sim! De quem os explora, de quem os frequenta (jovens da terra ou estudantes!é indiferente culpabilizar uns ou outros porque a educação que receberam foi exactamente a mesma!), da Autarquia e principalmente dos moradores por terem permitido que as coisas chegassem onde chegaram...

Nota-se um tom de revolta? Imensa...

Espero sinceramente que a situação se resolva da melhor forma para todas as partes envolvidas...

Quanto aos "estudantes" ou "nativos"...há muita zona onde podem "praticar o amor" sem incomodarem... o que não falta para aí são praias...ou até mesmo sei lá...olha em casa,não?!

Mas tudo bem...parem lá de chatear os putos...só têm uns copitos a mais TODAS AS NOITES...
Continuem a chatear os moradores...isso é que dá gozo...até ao dia...

(e concordo...a escolha da porta-voz foi infeliz...mas tudo bem! É a voz do povo!...)

 
At 1/4/09 00:33, Anonymous Anónimo disse...

O capô do Tó Maria é melhor lá pelas 23h45 qdo ainda está quentinho.

 
At 1/4/09 12:56, Blogger jp disse...

O direito à ausência de ruído é, quanto a mim, inegociável, e tudo deve ser feito para que tal seja assegurado aos moradores da zona, e em toda a cidade, de noite e até de dia.
Não me parece que deva haver lugar a qualquer tipo de concessão quando estamos a falar dum direito fundamental versus uma actividade comercial.

Mas é certo que o problema não é só nos estabelecimentos, mas também, e sobretudo, nas ruas próximas.

E aqui é a polícia que tem que actuar.
Só funciona quando eles passam, dizem. Mas o que impede um agente de por lá vaguear nas horas críticas?

Os moradores agradeceriam este policiamento de proximidade e, quando mais fatigado, decerto lhe dariam uns dedos de murmurada conversa, ali em permanente vigilância encostados ao capô do Tó Maria...

Agradeço a todos a participação.

P.S. Caro J.A.M., já me habituei a vê-lo como verdadeiro Amigo de Peniche.
Faz por isso todo o sentido que, por inerência, faça uso do material que lhe aprouver para a construção da 5ociedade @ltenativa. ;)

 
At 1/4/09 15:10, Anonymous Anónimo disse...

A Câmara Municipal tem de actuar, afinal é quem tem competência nesta área. Não Basta ser porreiro para os meninos, é necessário também um pulso forte. Se Peniche resume-se a noites de samba e sexo no Capô do Tó Maria da Pastelaria, estamos perante um futuro incógnito. Mais uma vez somos notícia e mais uma vez pelas piores razões.

Abraços e Beijinhos,
Daquele que "ama" verdadeiramente a sua terra!

 
At 1/4/09 16:05, Anonymous LouraDaRuaDosHerminios disse...

Olha, sei lá, tipo.. Mas n é a PSP que tem que controlar o barulho nas ruas?? A malta tb n curte nada barulho.. Dahhh...Já agora, qual é o carro do To Maria??? ;)

 
At 1/4/09 19:21, Anonymous Casais Brancos disse...

Vende-se moradias novas por 150.000 euros na localidade dos Casais Brancos, tranquilidade e descanso tranquilo, e sem carro do "To Maria" á porta!

 
At 2/4/09 00:35, Anonymous Anónimo disse...

este ultimo comentário nem vem mesmo nada a propósito, se o que queria dizer é quem está mal que se mude seria porventura de uma criancice extrema

 
At 2/4/09 09:47, Anonymous Anónimo disse...

Agora sim temos algo que identifica Peniche. Já tinhamos o Presidente em cima do burro e agora ao nível de um "Galo de Barcelos" temos... "O Capô do Tó Maria". Sugiro ao pelouro do turismo que inicie desde já a produção em série deste "souvenir".

Um pouquinho mais sério: o desenvolvimento que os Cumunistas têm defendido está finalmente a dar frutos!

 
At 2/4/09 11:21, Anonymous Anónimo disse...

Pois é, agora ninguém fala é nas casas arrendadas nessa zona ao estudantes, e mais grave, algumas delas sem passarem recibo, até é possivel que algum assinante do famigerado abaixo-assinado esteja nessa situação. Se calhar era caso também para meter o fisco ao barulho, e ver quem é quem anda a fugir com o "rabo à seringa".
E com isto não desculpo os exageros, que a policia tem obrigação de resolver, eles não são precisos no Cabo Carvoeiro ou na Papoa ou em bairros que não tem problemas a fazer ronda, são precisos é ali e nos bairros problemáticos, aqueles onde nem lá ao pé passam, alguns deles muito pertinho da esquadra.

 
At 2/4/09 13:01, Anonymous KT disse...

Já se sabia que a conversa tinha de ir dar directamente aos políticos....não me admirava nada que quem escreveu o comentário sobre as souveniers tenha interesses políticos....deixem-se lá de tretas.Já há muitos anos que esta situação acontece....muito antes sequer de julgarmos possível o partido comunista ficar na câmara.
Eu próprio fiz sexo imensas vezes nas ruas circundantes da câmara...já desde há pelo menos 10 anos atrás....sem dúvida deve ser dos Comunistas não?? Além de que já todos apanhámos bebedeiras nessa ruas e ruelas.É triste debater o problema e à mínima porcaria que aconteça...a culpa é de quem 'tá na Câmara.As entidades que lá estiveram antes também nada fizeram para resolver isso portanto creio que isto ultrapassa simplesmente a politica.

Façam Amor no Capô do Tó, não guerra politica!

 
At 2/4/09 14:23, Anonymous Anónimo disse...

se o comentário dos souveniers tinha interesses politicos então o seu vou-lhe contar... é uma questão de abordar este tema com 2 palmos de testa e conhecimento de causa... este abaixo assinado foi a gota de água e a ultima "arma" já que tudo se fez junto das entidades competentes para a resolução deste problema... agora informe-se e deixe de falar sem saber... quanto ao fazer sexo perto da camara já não o faz muito à vontade porque felizmente já tiraram os barcos perto dos bombeiros, local outrora habitado sabe-se lá por quem...

 
At 2/4/09 16:34, Anonymous Anónimo disse...

Os putos que façam como o presidente: tirem umas vancanses no Brasil e façam lá o Amor, escusam de sujar o bom nome da terra... e o capô do carro do outro

 
At 3/4/09 10:49, Anonymous Anónimo disse...

Sou estudante de peniche! sei que as coisas têm andado mal para o nosso lado, mas, por acaso gostava de saber como é que esta senhora por exemplo viu que eram estudantes...é engraçado, porque não andamos de uniforme para nos distinguir se somos estudantes da ESTM ou se são os proprios jovens de peniche. quando trajamos, aí sim podem dizer o que quiserem!Por mim nunca fiz nada disso, mas, tambem nunca conheci quem o fizesse pois se temos casas arrendadas em peniche, há casas para "fazer amor"....neste momento, tudo o que acontece de mal é tudo culpa dos estudantes de Peniche!Podemos não ser nenhuns anjinhos, mas , vândalos acho que ainda nao somos.... Mas lembrem-se que antes de tudo isto começar , já havia noite em Peniche! podemos ter errado em muita coisa, mas, também há muita gente que gosta de falar com o que mal vê ou pelo que dizem....ainda quer o sr presidente dar formação ao estudantes sobre boas maneiras e civismo! dê aos jovens de peniche que andam com armas brancas a meter-se em confusões com estudantes...é preciso começar a andar armada em Peniche? Ao que nós chegámos.....Tenho dito!

 
At 3/4/09 10:57, Anonymous Anónimo disse...

Ainda a estudante da ESTM! concordo com as questões de policiamento...se querem acabar com este barulhos nos bares, comecem a ter policia em frente ao bares na hora de fecho e a mandar o pessoal para outro lado! tal e qual como se faz com as claques nos jogos de futebol...escoltem-nos até às suas casas!Mais policia nas ruas, mais segurança, mais pulso e aí pode ser que isto volte a ser mais normal...

 
At 5/4/09 18:40, Anonymous Anónimo disse...

quem e que disse que eram estudantes da ESTM?
filhos da puta das pessoas de peniche
tudo e culpa dos estudantes...
o que e que era desta terrainha sem nos????????????

 
At 5/4/09 21:15, Anonymous Carapau disse...

Com este comentário, do anónimo das 18:40, não restam dúvidas de aqueles moradores têm, agora, toda a razão para se manifestar . Repúdio completo ao comentário do Anónimo das 18:40.

Carapau

 
At 5/4/09 23:24, Anonymous Anónimo disse...

Repúdio completo às pessoas de Peniche, que fazem dos estudantes um bicho de sete cabeças !

O carapau quer alho ... é o melhor tempero :)

 
At 6/4/09 17:54, Anonymous Anónimo disse...

Peniche nao e nada sem os estudantes durante o Inverno e os turistas no Verao .
Se isso deixasse de existir queria ver o que era desta terra, viviam dos peixinhos e das cagadelas das gaivotas ?

 
At 6/4/09 17:59, Anonymous Anónimo disse...

sou também estudante em peniche, e deixa-me honestamente triste todas estas confusões de cidade versus estudantes. penso para mim que o problema principal será uma briga pessoal da senhora com um dos cafés da zona, pois ja estudo cá ha algum tempo e toda a gente que frequenta e frequentou o café em questão sabe dos maus humores da senhora, que, sefosse preciso ás 23:00 ou mais cedo mandava baldes de água da janela, numa atitude muito nobre da sua parte! felizmente para a senhora, conseguiu por fim juntar alguém á sua luta e tentar irradicar com os estudantes da sua zona. por mim tudo bem, mas nao acham injusto que durante a semana o policiamento seja muito mais cauteloso naquela zona do que ao fim de semana. pois chego a ficar cá ao fim de semana e há noites em que, na mesma zona, na mesma rua e talvez até em cima do mesmo carro as mesmas coisas acontecem, mas aí ja nao ha problema pois nao sao estudantes!! ou se calhar até sao, mas nunca se pensou muito nisso, pois diz o senso comum que os estudantes saem durante a semana e os da terra ao fim de semana!

percebo como cidadã a revolta dos moradores, e calculo que pelas queixas naquela zona trabalhem apenas durante a semana, de segunda á sexta, e durante apenas o período escolar. bem sei que estas podem ser alturas com muito movimento, mas também o há noutras...

assisto diariamente a uma degradação dos valores, valores estes com tendencia a ser irradicados, tanto no meio académico como fora. toda a gente ja se apercebeu disso mas é mais fácil dizer que os que vêm de fora é que nao têm educação, quando sao os da terra que nos assaltam, riscam os carros (como aconteceu na rua em questão, e que apareceu em algum jornal que estudantes vandalizam os carros e mais tarde provou-se que eram penicheiros), que nos ameaçam nas festas por nós organizadas, que nos alugam casas sem recibo e muitas das vezes com muito fracas condiçoes habitacionais, que nos atendem mal e estabelecimentos comerciais apenas por saberem que somos estudantes, e outras coisas mais! mas esquecem-se que nós pagamos como os outros, damos trabalho a muita gente, até aos traficantes de droga, desculpem a dureza mas é verdade, e nao nego que tanto os ha da terra como estudantes, mas se calhar isso seria algo mais preocupante do que urinar contra uma parede, apesar desta ultima ser bastante desagradável. mas tambem nao incomoda o facto de se meter comida na rua, nessa mesma rua, para os gatos ou sei lá quem irem comer, que fica tudo cheio de larcas e comida putrefacta, ou que atentem contra a saúde pública colocando sacos do lixo nas ruas, que os cães e gatos vadios rompem e espalham pelas ruas?

acgo que têm de pensar em muitas coisas antes de apontar os estudantes como os vandalos da cidade, cidade esta que nos acolhe e na qual algumas pessoas já nos dão valor, pois vêm que se calhar trazemos mais benificios que prejuízos: alugueres de casas durante cerca de 9 meses, uma média de 900 alunos a cerca de 150€ por casa; cafés, tabaco, gasolina, mini-mercados, água, electricidade, gás, movimentos bancários, correios, restaurantes que enchemos, já pra nao falar da visibilidade que damos á terra, pois por causa de nós outras pessoas de nossas terras vêm cá, ou por causa da semana académica, ou por causa das tunas, mas enfim.

pode ser que um dia, devido á má publicidade que certas pessoas estão a dar á terra, a nível nacional, os estudantes deixem de vir pra cá, e fiquem todos contentes em Peniche, com uma cidade fantasma de Outubro a Junho, como se verifica nas férias escolares, e que façam bom proveito com os turistas que cada vez são menos, consomem menos e estão menos tempo, talvez pela falta de hospitalidade dos da terra, pois também ja cá passei verões e vejo o que acontece, edo que as pessoas se queixam.

nao quis com este testamento ofender ninguém e desculpem se por vezes generalizei, mas tal como os Penicheiros tão fartos que digam que os novos ou vendem droga ou sao assaltantes, e os velhos ou são maus senhorios ou maus comerciantes ou pescadores, também nós estudantes estão fartos que por causa dum grupo de 10 ou 20 elementos fiquem 1200 com má fama.

de notar que nas noites em que houve maiores confusões nessa zona foram noites em que teve pessoal de fora (recordo-me por exemplo de um grupo de lisboa).

já agora: o presidente da escola o Sr Professor Júlio Coelho, nada tem a ver com o comportamento dos estudantes, ele nao é de maneira nenhuma responsável por nós. somos todos maiores de idade e temos de responder pelos nossos actos. acredito também que se 2 ou 3 meninos/meninas passassem uma noite na esquadra serviria de exemplo pra muitos!

desculpem a revolta pessoal.
saudações a todos os académicos e ex-académicos, cumprimentos a todos os Penicheiros.

 
At 7/4/09 14:30, Anonymous Anónimo disse...

Ouvi há pouco na rádio que os bares Jonas e Mystik iram ficar apenas com licença até ás 00:00!!! O POVO É QUEM MAIS ORDENA. Foi preciso actuação da comunicação social para que os municipes não vissem o seu descanso do lar degradado com musica e má educação! Os meus parabéns aos populares que sem ajuda de "ninguém" decidiram lutar pelo seu bem estar!

 
At 7/4/09 18:47, Anonymous Anónimo disse...

Atenção que não está decidido fechar as 00:00. A Câmara pediu para aquilo fechar às 03:00, na semana passada...

 
At 8/4/09 01:26, Anonymous Anónimo disse...

lol

 
At 8/4/09 18:41, Anonymous DEUS disse...

Está um bocadinho de frio em Peniche à noite pra fazer amor na rua...

Acho eu.

 
At 8/4/09 19:27, Anonymous Anónimo disse...

...é falar com o Tó Maria para deixar a sofage do carro ligada à noite

 
At 9/4/09 01:43, Anonymous Anónimo disse...

chófage... xcaaa-seee

 
At 16/4/09 04:31, Anonymous Anónimo disse...

É fantástico que decorridos 35 anos do 25 de Abril, até numa discussão deste tipo, as partes são os embuçados e os zorros.
Quanto à matéria, sempre entendi que os bares até podem estar abertos 24 horas por dia, desde que em zonas não habitacionais.

Fernando Lino

 
At 27/4/09 19:17, Blogger Frid disse...

Tanto blá blá blá, a "sociedade" é demasiadamente hipócrita ao querer impor certos padrões de comportamento.
A liberdade de cada um,termina quando se intromete na liberdade dos outros e esse foi um dos ensinamentos que foi esquecido no 25 de Abril.

P.S já agora àquele energume que no dia 2/4/09 11:21 fez um infeliz comentário...Bairros problemáticos???? em Peniche e a Polícia não entra??? é para rir.
Se realmente quiser saber o que é um Bairro problemático, podemos dar um giro a pé num dos Bairros já sobejamente conhecido da periferia de lisboa

 
At 30/4/09 21:13, Anonymous Anónimo disse...

antes de mais para que toda a população saiba toda a culpa deste episodio deve se ao simples facto de nao haver controle da lei do ruido na Camara municipal de peniche pois mais cedo ou mais tarde seria de esperar que uma situaçao desta acontecesse devido a quantidade de bares e cafes que se encontram rodeados de zonas habitacionais onde licenças do ruido são passadas conforme as " as amizades" com o orgao autarquico, mas vejam que isto e um peq problema em peniche deviam era olhar para certas construçoes que continuam a ser feitas em locais completamente descabidos devido a continuarem a existir 3 ou 4 oligarcas de peniche que querem continuar a ter o monopolio da terra. reparem que eles continuam a querer que peniche fique isolado para possam exercer o seu dominio, esses sim os verdadeiros inimigos da terra pois sao uma obstruçao ao progresso e desenvolvimento.

e tambem lamentavel que muitas pessoas passados tantos anos da instalação da universidade em peniche ainda nao compreendam a importancia que a mesma tem para o desenvolmento sustentavel da terra, pois existe muitas pessoas que vieram estudar para peniche e acabam por fazer vida por cá durante anos, nao duvidem existem muitas cidades do pais que davam tudo para poder ter uma universidade, pois é sinonimo de progresso e desenvolvimento das mentalidades, mas como foi acima referido existem "oligarcas" que querem continuar a manter peniche na sombra do conhecimento pois as pessoas ao ganharem mais formaçao começam a questionar certos poderes que até então tem sido inquestionaveis.....

isto tudo so para dizer vamos andar pra frente que atrás vem gente

 
At 31/7/09 04:04, Anonymous Anónimo disse...

OLA SO QUERIA DIZER QUE JA ME PARTI A RIR SO ALER ESTAS TOLICES TODAS E OCM ISTO TUDO QUEM PAGA E A SENHORA QUE PASA A VER O FILM DE AMOR TODAS AS NOITADAS POR SIMA DO CARO DO TAL TO MARIA O MEU DEUS SERA QUE ALGUME PODERIA AVIZAR ESE TO PR APOR O CARO NA GARAGEM SERIA MAIS DESCRETO E A SENHOR NAO VIA TANTO AMOR A SER FEITO A PORTA DELA LOL AIDNA DALI NASCE RAIZES LOLOLOLOLOLOLOLOL

 
At 25/5/10 16:22, Anonymous Anónimo disse...

fdax akela velha anda a tomar drogas!
ela e ke gosta sakar broches depoix diz essa merda ao pessoal pa desviar!
eu propio sei ja me sakou em cima do kapô

 

Enviar um comentário

<< Home