quinta-feira, maio 28, 2009

Crisis? What Crisis?

Normalmente sou bastante favorável aos investimentos feitos em infraestruturas para a prática desportiva.
Costumo pensar que valem cada euro investido.
Neste caso, tenho alguma dificuldade em pensar assim 380 000 vezes.

7 contributos:

At 28/5/09 18:47, Blogger J.A.M. disse...

Parece caso para dizer que é muita força de bolas...
Tanto dinheiro numa coisa dessas parece-me mau...podia ser usado para muita coisa boa para a nossa terrinha.

 
At 28/5/09 20:59, Anonymous Anónimo disse...

Então...as eleições estão quase aí! Lá vai a CDU (PCP) oferecer um relvado para a malta. Combater a crise no concelho? Não, para quê? Mal vai Peniche.

 
At 28/5/09 21:24, Anonymous Anónimo disse...

Está toda a gente à espera das alternativas. Sr. J.A.M. diga-nos lá algumas coisas boas para a nossa terrinha nas quais se podia investir bem os 380 mil euros...
Sr. Anónimo das 20:59 diga-nos como lá como utilizar 380 mil euros no combate à crise no concelho...
Depois disso talvez lhes possamos dar razão.


Respeitosamente,

Zézinha dos Cortiçais

 
At 28/5/09 21:48, Blogger J.A.M. disse...

Minha cara Zézinha dos Cortiçais;

Nada tenho contra o reaproveitamento do campo, apenas creio que toda a quantia é demasiado elevada para tal obra, e pelo que vejo não serei o único porque ,se assim fosse, o J.P não teria feito o post que fez.
Fora de qualquer pretensão politica,porque se há coisa de que não gosto são os políticos e os seus métodos, creio que esse dinheiro poderia não ser todo utilizado na recuperação do campo, visto ser demasiado para tal obra(na minha mais que modesta opinião).
Haveriam certamente muitas coisas, como em qualquer outra cidade deste mundo, que necessitariam do dinheiro e, como já é normal, não é necessário procurar muito,a mim basta-me sair de casa.
O meu comentário, não passou disso, simples palavras em resposta a um texto. Quando eu quiser apresentar ideias irei falar com as entidades responsáveis,como já o fiz e como alguém que ama a terra que o viu nascer. Não foi um ataque a ninguém nem a qualquer instituição.
E por aqui me fico, com minha ideia, a mesma de quando aqui cheguei e criei o comentário original.
Respeitosamente,
J.A.M.

 
At 29/5/09 11:19, Anonymous Anónimo disse...

E o sintético que fizeram junto ao estádio do GDP? Esse foi de borla? Que falta fazia esse sintético?

Pelo que sei, já há muito que o GDA tinha tal projecto em mente. E apesar do sintético ter um custo elevado, não se pode continuar a querer cativar a juventude a praticar desporto caso não exista condiçoes para tal. E não são poucos os jovens e crianças que passam pelo GDA em diferentes escalões e que, tal como me aconteceu, aprendem o que é trabalhar em equipa para atingir um objectivo comum.
Julgo que nos dias que correm é cada vez mais necessário dar este tipo de formação, e tal como num emprego, a motivação resulta também das condições oferecidas.
Vejam o lado positivo desta notícia...

 
At 29/5/09 21:10, Anonymous Anónimo disse...

Senhor JAM,

Uma vez que afirma que "toda a quantia é demasiado elevada para tal obra" e que "esse dinheiro poderia não ser todo utilizado na recuperação do campo, visto ser demasiado para tal obra(na minha mais que modesta opinião)" aceitam-se orçamentos mais baixos para aplicação de piso sintético em campo de futebol de 11, localizado na Vila de Atouguia da Baleia.
Há municípios com número de habitantes comparável a Peniche que começaram a investir mais cedo e já têm vários destes campos. Óbidos tem pelo menos 2 de futebol de 11 e vários mini-sintéticos para futebol de 5, e conta com apenas metade da população de Peniche.
Eu cá só acho que 1 campo é pouco e já não vem cedo.

 
At 4/6/09 18:44, Anonymous KIM disse...

Fazemos estádios e centros de alto rendimento mas continuamos sem saber se teremos um Hospital no futuro e a fome continua na rua...
E que tal obras mais pequenas mas que comtemplem constrotoras da terra e assim deêm emprego aos penicheiros, é que essas serão executadas por grandes empresas que trazem forasteiros para trabalhar e os nossos ficam a assobiar...

 

Enviar um comentário

<< Home