sexta-feira, novembro 13, 2009

No que respeita à insegurança....

....não ficaremos pela gazeta.
Daremos sempre o devido destaque!

28 contributos:

At 13/11/09 20:39, Anonymous Anónimo disse...

não são 2 ou 3 assaltos por semana mas sim por dia, alguem tem ke fazer alguma coisa

 
At 13/11/09 23:56, Anonymous Anónimo disse...

Com a PSP parada grande parte da noite nas bombas da Galp e da BP fica fácil ser ladrão em Peniche...
Temos polícias amadores a combater ladrões profissionais...a PSP mudou de número de telefone há coisa de um ano e nem avisou a população...O Careca e o primo têm o caminho livre para continuarem a semear ainda mais o terror nesta terra...
Jorge, as tuas pseudo-teorias sociais são muito bonitas na boca do Xico Louçã mas não são nada produtivas na boca uma chefia das forças de segurança...o resultado está à vista...

 
At 14/11/09 15:22, Anonymous Anónimo disse...

ATENÇÃO, E A QUANTIDADE DE 3º IDADE ASSALTADA, AS MALAS ROUBADAS, E O JORNAL A VOZ DO MAR, E O VELHOTE QUE ESPANCARAM E DEITARAM FOGO NO QUINTAL, E A PASTELARIA NA RUA DE SÃO MARQUES, E O APARTAMENTO RÉS DE CHÃO ASSALTADO LOGO DE MANHÃ, E O CARRO DE UM ADOLESCENTE ASSALTADO A HORA DE ALMOÇO E QUE A MÃE DESTE VIU E CONFIRMOU TAL COMO MUITOS OUTROS QUE SÃO OS IRMÃOS CARECAS E O SAFA QUE ESTAVAM ASSALTAR, OU E MUITOS OUTROS QUE 200 LINHAS NÃO DARIAM PARA DENUCIAR TODOS , FORA OS QUE NÃO DENUCIAM COMO FOI A ANÃ MARECA QUE PARTIRAM-LHE OS VIDROS TODOS DE CASA, É UMA BANDIDAGEM MUITO GRANDE, SÓ GOSTARIA QUE O CHEFE DA POLICIA INFORMA-SE O QUE ACONTECEU AOS 2 MENINOS APANHADOS EM FLAGRANTE DELITO, GOSTAVA DE SABER SE O SENHOR DO MINISTÉRIO PUBLICO TEVE PENA DELES E COLOCO-OS NA RUA NOVAMENTE? É UMA VERGONHA ONDE ANDAM OS GOVERNANTES DESTE PAIS, DESTA TERRA QUE NADA VEÊM, NADA FAZEM?

 
At 14/11/09 15:29, Anonymous Anónimo disse...

a fazer surf, afinal é a capital do surf

 
At 14/11/09 21:07, Anonymous Anónimo disse...

A continuar assim, isto está a precisar de milícias populares!
O pessoal que se junte e malhe nesses tipos que conhece.
Com a nossa (in) ustiça não vamos lá e os criminosos ainda se ficam a rir!!!

 
At 15/11/09 10:37, Anonymous Isabel Do Carmo disse...

é isso mesmo: Acção Popular !!
Façamos de Peniche uma Cidade Limpa de Criminosos e Fascistas !!
Pela criação dumas Milicias Populares !!
Viva a Aliança Povo-MFA !!
Volta OTELO !!!

 
At 15/11/09 12:20, Anonymous Anónimo disse...

Não é preciso cá o Otelo mas uma polícia e umas leis que consigam travar o avanço da criminalidade e o sentimento de insegurança que está a aumentar todos os dias.
Com certeza que quem foi vítima destes ladrões não se importava nada que lhes dessem uma boa tareia.
Se a situação de insegurança não mudar, podemos esperar grupos (como já acontece noutras zonas do país) que se revezam para acabar com os assaltos.
A polícia nem pode disparar um tirozinho que leva logo com um processo em cima. Pode apanhar e ser alvejado mas agir para quê? Apanham os malandros e o juíz mete-os logo cá fora! A polícia, hoje em dia, tem é de se preocupar em passar multas para poderem progredir e ajudar as contas públicas!

 
At 15/11/09 12:23, Anonymous Anónimo disse...

A questão é esta: Há muita gente a pensar que enquanto forem os outros a serem assaltados e agredidos não é muito mau mas quando essa "sorte" lhe bate à porta qual é o sentimento?

 
At 15/11/09 12:26, Anonymous Anónimo disse...

Os polícias são seres humanos e as restrições à sua actuação tem feito aumentar o sentimento de impunidade.
Se não podem disparar, se, mesmo em perseguição, não podem ter um acidente com o carro que têm de pagar, se nem a farda podem rasgar, o que é que se pode esperar?
Se a autoridade não voltar, se as leis não mudarem isto só irá piorar.
É pena que uma terra como Peniche esteja a assistir a um fenómeno generalizado de insegurança.

 
At 15/11/09 12:29, Anonymous Anónimo disse...

Para finalizar, faço as seguintes perguntas: Que resultados obteve a polícia com esses assaltos todos que são descritos pelo anónimo das maiscúlas? Alguém foi preso? Condenado? Fez-se justiça?

 
At 16/11/09 14:46, Blogger jp disse...

Agradeço os contributos.
Não é fácil deixar a emotividade de fora, quando se põe em causa o direito fundamental à segurança.
Cabe-nos a nós, munícipes, denunciar esta crescente insegurança de modo a pressionar as forças de segurança locais a lutarem por recursos, métodos e condições de trabalho que lhes permitam enfrentar dignamente esta ameaça. E que o fruto do seu trabalho não se esvaneça nos meandros da justiça.
Mas como em tudo, as soluções extremas, do tipo milícias ou afins, são seguramente piores.
E como este problema tem, seguramente, um enquadramento social mais vasto, é nesse contexto que devem ser procuradas as soluções.
Por isso discordo, no tom e na ausência de fundamento, com que o anónimo das 23:56 questiona a estratégia local.
Por cada 100 penicheiros que assistem a algo condenável, 3 denunciam o caso e os outros 97 vão para o café para, entre si, cascarem em eventuais culpados.
Essa mentalidade é que não é produtiva e....o resultado está à vista.

 
At 16/11/09 16:36, Anonymous Anónimo disse...

Caro JP
então e o que dizemos ás vítimas?
que consolo terão as vítimas, e que vontade terão para continuar a lutar?
isto é um assnto sério, e que precisava realmente ser tratado e discutido.
cump.

 
At 16/11/09 17:15, Blogger jp disse...

Caro anónimo precedente,

As vítimas devem denunciar, divulgar, protestar, insurgir-se, reclamar, exigir, insistir e fazer tudo o que tiver ao seu alcance para denunciar a situação. Este blogue poderá ajudar nesse desiderato.
Cabe depois às forças de segurança locais encontrar as estratégias para enfrentar o problema, ou fazer chegar esta situação mais longe, de forma a que os meios e recursos necessários sejam destinados a Peniche.
É neste enquadramento que eu vejo o possível papel da vítima e de todo o munícipe responsável e solidário perante esta problemática.

Grato pelo contributo.

 
At 16/11/09 18:28, Blogger Raul Correia disse...

Caro JP,

Estou completamente de acordo com o que dizes, as vitimas devem fazer tudo o que lhe é possível fazer e tu neste sitio tens contribuído como muito poucos para que isso possa suceder.

Por vezes as vitimas sentem-se impotentes, não sabem sequer como devem actuar, a PSP na grande parte das situações faz o que lhe compete, agarra nos larápios e leva-os ao M.P. só que na maior parte das vezes ainda os agentes da PSP estão a prestar depoimento já os larápios estão cá fora.
Agora baixar os braços não é solução.
Todos os contributos que aqui são dados têm o seu valor,mas uma situação que não posso deixar de reportar é as pessoas continuarem a dar o seu contributo debaixo do anonimato, penso que não ajudam nem contribuem em nada para ajudar as vitimas.

 
At 16/11/09 21:49, Anonymous Anónimo disse...

Qual é o problema de participar sob anonimato? Em que é que isso prejudica as vítimas? O que interessa é o conteúdo da mensagem e não o nome que pode ser qualquer um.

 
At 17/11/09 00:03, Anonymous Anónimo disse...

Caro JP, quando me dirigi ao Jorge era ao senhor comissário e à curiosa (digo eu eufemisticamente) linha de orientação marcadamente social pela qual tem pautado a intervenção da PSP local. Como se não houvesse já por aí sociólogos, psicólogos e outros que tais com fartura.
Bem sei que são homónimos mas não me dirigia a si...

O anónimo das 23:56

 
At 17/11/09 00:03, Anonymous Anónimo disse...

Caro JP, quando me dirigi ao Jorge era ao senhor comissário e à curiosa (digo eu eufemisticamente) linha de orientação marcadamente social pela qual tem pautado a intervenção da PSP local. Como se não houvesse já por aí sociólogos, psicólogos e outros que tais com fartura.
Bem sei que são homónimos mas não me dirigia a si...

O anónimo das 23:56

 
At 17/11/09 01:10, Blogger Raul Correia disse...

Sr. anónimo das 21:39
O que eu escrevi foi,

"Todos os contributos que aqui são dados têm o seu valor"... "debaixo do anonimato, penso que não ajudam nem contribuem em nada para ajudar as vitimas"

Não disse que prejudicavam as vitimas,disse simplesmente que, "penso que não ajudam nem contribuem em nada para ajudar as vitimas.

Na minha modesta opinião só todos dando a cara em prol de situações como estas podemos ajudar, mas isto é só uma opinião e não mais do que isso, respeito que as pessoas comentem como anónimos, tenho o dever de aceitar , assim como tenho o direito de não concordar.
Será é necessário que a população esteja unida nestes e noutros casos que dizem respeito à segurança, hoje acontece a uns, amanhã a outros.

 
At 17/11/09 09:58, Blogger jp disse...

Caro anónimo das 23:56,

Percebi, de início, o destinatário do seu comentário.
A minha posição é que não dou como provado que o aumento da insegurança em Peniche se deva ao fracasso de tal estratégia. Se assim fosse, no resto do país, as outras estratégias "menos pseudo-sociais" teriam resultados, e não é o caso. E quero acreditar na teoria que defende que uma resolução duradoura para este tipo de problemas passa por uma solução no contexto social, com a colaboração de toda a população.
Isto não significa que, no estado presente, deixemos de protestar e gritar bem alto a nossa indignação pelo estado de incumprimento da lei, com que nos deparamos. E exigir que tal situação, crescente e assustadora, seja reparada sem demoras.
Apesar de discordar da conclusão que enunciou, tem todo o cabimento que aqui a exponha, e é também para isso que serve este blogue. Já me parece menos adequado, e confesso que foi isso que me desagradou, a referência pessoal que nela incluiu. Sempre foi uma das máximas deste blogue discutir ideias e não pessoas. E também isso que sustenta e justifica o permitido anonimato. Num blogue que se destina, simultaneamente, a discutir ideias e criar amigos, esta é a única via.

 
At 17/11/09 19:59, Blogger manuel disse...

Verifica-se que a maior parte dos delinquentes sao de paises terceiros que com as leis actuais actuam quase impunemente pois o sistema judicial esta a seu favor bastava quanto a mim deportar para os seus paises num espaco curto -um mes - para que esses individuos fossem repatriados - Expulsos para os seus paises de origem - para que a situacao mudasse de repente.Com uma PSP cujos elementos recebem menos de metade do salario do que outras entidades policiais ,fronteiras , Judiciaria e policia de Estado , com restricoes de operarem em defesa pessoal contra os meliantes , cuidados que devem ter com as viaturas de servico , se tiverem acidentes teem que pagar , as fardas que possam danificar no dever do seu servico , etc etc, a Policia de Seguranca Publica nao tem incentivos de expor a sua vida quando os delinquintes tem a lei mais actual ao seu favor
Quanto a mim os senhores advogados se nao houvesse toda a qualidade de crimes nao podiam exercer uma profissao que desde ha muito anos esta superlotada. Por isso os senhores que fazem as leis ,todos eles com o primeiro curso de advocacia tentam manter uma profissao que cada vez esta mais mal vista e desacreditada .
O BOM ADVOGADO E SEMPRE AQULE QUE GANHA A CAUSA SEM JUSTICA .
E assim vai o meu Pais.
Manuel Joaquim Leonardo

 
At 17/11/09 22:40, Anonymous Anónimo disse...

Oh senhor Manuel com todo o respeito, mas você anda a dormir ou não lê os comentários tds, isto não são ucranianos, romenos, russos ou lá o que consiste os seus pises terceiros, isto são gentes de peniche, de cá mesmo filhos da sua terra, seu pais, toda agente sabe os irmãos carecas filhos da empregada da mesiricordia, o ET que vive ali para os lados do campo da torre, o safa ke a mãe anda a varrer as ruas este então já é um vicio de familia, pois o pai dele sempre foi um grande malandro, 1 irmão dele viram-no buscar para cumprir 4 anos de prisão, um outro saiu da cadeia a meia duzia de meses, só este malandro é ke ainda continua a fazer das suas, ele é o chefe da máfia um puto de 21 anos, o pouco material ke encontraram de uns dos assaltos ao zé abel, foi encontrado á porta da casa da avo dele, não sei porque peniche continua a kerer fechar os olhos á realidade, são 4 putos a tomarem conta de peniche, a roubarem dia e noite e ninguem faz nada, estão há espera ke uma vitima deia 1 tiro num para se fazer justiça, ninguem tem a noção do que está acontecer, o abel kuase morreu se não fosse a mãe do to be ajudar-lhe ele caia para o chão kuando entrou no armazém, a mulher coitada nem sai á rua com medo, o proprio zé abel já pouco ou nada abre a loja porke tem andado bastante mal, isto é uma realidade, mas como o abel há muitas pessoas vitimas mas ke tbm têm medo de dar a cara, o assunto é serio e grave e cometido por gente da terra.

 
At 18/11/09 00:07, Anonymous Anónimo disse...

Quando calho a ver o Careca pelas "minhas bandas" fico a controlar os seus movimentos. Ponho-me bem à vista a fingir que estou a fazer qualquer coisa ou à espera de alguém mas não arredo pé enquanto ele não se afastar para bem longe. Às vezes até tenho que chegar mais tarde ao trabalho para garantir a segurança da minha habitação e das dos meus vizinhos.

 
At 18/11/09 04:37, Blogger manuel disse...

ao Anonimo das 22:40
Volto a confirmar que os meus comentarios embora nao sejam tao preciosos na informacao de nome de pessoas que assaltam ai na minha Terra de uma forma impudica e depravada trazem em Terror a nossa Cidade de Peniche que constantemente ve as suas propriedades assaltadas e a sua intrigridade fisica molestada com a onda violenta de meia duzia de pessoas que parece que ja' estao localizadas e esperando que as entidades comunitarias de Peniche se juntem e actuem de forma activa para que a Ordem se restabeleca. e a Paz de espirito seja restabelecida .
Parece porem que algo esta esquecido que para as autoridades possam actuar , teremos que deixar o anonimato e juntos quantos mais possiveis elevarmos as nossas vozes para que quem de direito .as autoridades competentes civis e militares sejam obrigados a dar uma solucao que nao devera ser dificil se assim o quizerem ,as nossas entidades forcarem que as suas vozes cheguem ao Governo Central rapidamente e que o envio de mais elementos policiais sejam requeridos para manterem a ordem .Nao posso compreender como tao poucos possam aterrorizar alguns milhares.
Contudo volto a afirmar por aquilo que me e' permitido ler na imprensa portuguesa que em Portugal
actuam criminosos livremente que quando apanhados deveriam ser deportados para os seus paises de origem , sem demora nos seus processos de extradicao.
Esperando que brevemente se reponha a Ordem em Peniche cumprimenta todos o
Manuel Joaquim Leonardo

 
At 18/11/09 07:13, Anonymous Fanequinha d'areia disse...

ó Manel...e o terreno? Isso é que era? Deixe de ler o Correio da Manhã...

 
At 18/11/09 09:53, Anonymous Anónimo disse...

quem é o careca??, dá para pôr foto??

 
At 18/11/09 10:25, Blogger João Seabra Lapuerta disse...

Como é possível toda esta impunidade?!
Como é possível a insegurança assolar desta forma o nosso cantinho ocidental?
Tendo em conta que a manifestação de desagrado é um direito que nos assiste, sugiro que façamos uma petição online, pela segurança na nossa terra, reivindicando todas as medidas mitigadoras deste problema da insegurança!

 
At 18/11/09 18:14, Anonymous Anónimo disse...

senhor João Seabra concordo plenamente, se a ideia for adiante agradecia só ke avisa-se.

 
At 1/9/14 17:42, Anonymous Anónimo disse...

Quem quiser limpar literalmente os malfeitores que aterrorissam a sua terra diga e junte se ao Exército Patriota Português para repor a paz no nosso pais. Nota: Não somos fascistas, comunistas, skinheads, racistas ou xenofobistas, o mal não é de nenhuma etnia, nacionalidade ou "raça" específica, por isso lutem contra todos os malfeitores que já provaram que não mereçem viver entre nós. NÃO TENHAM MEDO, LUTEM PELA VOSSA PÁTRIA E PELA VOSSA FAMÍLIA... MATAR QUEM MATA É SALVAR VIDAS.

 

Enviar um comentário

<< Home