sexta-feira, maio 07, 2010

Não à tolerância de laicidade!

No ano em que se comemora o centenário da implantação da República, que consagrou o laicismo de Estado, junto-me a milhares de portugueses que se indignam com o financiamento público, as honras oficiais e as várias tolerâncias de ponto concedidas no âmbito da visita papal.

10 contributos:

At 7/5/10 17:05, Blogger Farelhão disse...

Eu faço parte desses muitos milhares que, ao nascerem, levaram com o sinete do catolicismo e que suportam os argumentos da igreja católica no sentido de justificarem para si um discriminação positiva.
O que se tem passado neste país em matéria de relações Estado/Igreja Católica é uma versão soft do que se passava antes do 25.
A vinda do pastor alemão é um exemplo do nosso subdesenvolvimento político e cultural. Escolho a ironia, porque já me cansei de falar "à séria" e, assim sendo, lá vai: será que o Cavaco vai convidar, a seguir, um lobo da alsácia ou um pastor belga?

 
At 7/5/10 18:17, Anonymous Anónimo disse...

Com o devido respeito, este tipo de comentário entristece-me e repugna-me.
Só me occorre transcrever o seguinte: "A visita do Papa ... tem gerado em vários países, Portugal é um deles, um surto de imbecilidade considerável. À falta de anticlericalismo popular, há agora uma nova forma de anticlericalismo intelectual de parte da esquerda « fracturante ». Enquanto não houver um Papa que não seja mulher, lésbica, negra, de preferência não crente, e que vote nos EUA no Obama, os Papas, em particular este, são alvos preferenciais. E este acirra os ânimos de forma muito especial porque é branco, alemão, conservador, teólogo, e conhece bem demais a impregnação da doutrina cristã pelas variantes na moda desde os anos sessenta de « progressismo » esquerdizante. A absurda intolerância dos fracturantes exerce-se então em toda a sua amplitude."
Seabra Lapuerta
in: José Pacheco Pereira, Abrupto, 2010.05.02

 
At 7/5/10 18:57, Blogger jkimilas disse...

vade retro judas iscariotes.

 
At 7/5/10 19:03, Blogger Farelhão disse...

Entristeça-se e repugne-se à vontade. Os pastorinhos e a virgem intercederão junto de Deus por si. Mas atenção! Se quer o céu, nada de camisinhas. Antes o HIV.

 
At 7/5/10 19:33, Anonymous Marretadas disse...

Nesta matéria, a República, nada tem de que se orgulhar. Ao longo dos tempos construiu "igrejas" alternativas, subterrâneas, que manipulam o poder extorquindo a riqueza da Nação em benefício dos seus "sacerdotes". Moralistas da treta. Perseguiu, humilhou e extorsionou padres e monges e confiscando os bens religiosos.
E no entanto, o Catolicismo é indissociável da afirmação no mundo da Nação Portuguesa.

 
At 7/5/10 20:41, Blogger manuel disse...

AIgreja " Catolica "ja foi o Primeiro Poder em Portugal e no Mundo. Agora ja fica em muitos lugares abaixo mas ainda tem os "seus catolicos " fervorosos que mandam em muitos paises ,a' sombra de um poder oculto
Todos os paises em que o catolicismo ajudou os governos a segurar o seu poder principalmente nas africas e sul latinos sao os que mais miseria teem e quase nada teem feito de verdade para que o sistema nao saia das maos dos mais abastados , " Ricos ". A exploracao do trabalho humano em Portugal apos 25 de Abril tem-se vindo a acentuar ,realizada de diversas formas .
Digam-me o que a igreja tem defendido no pulpito ?tem defendido o deixa andar !
e os governos no poder de paises catolicos como "Portugal " dao liberdade de ponto aos seus catolicos que ainda sao 25 % os outros 75 % vao trabalhar como costumam trabalhar todos os dias ! !A nova Catredal de Fatima
na inauguracao nao teve a honra da presenca do Papa .Porque nao ?
A Igreja local minimisou um "escandalo" e nem so' um prelado " saiu com um comentario contradatorio de tenua censura.
Agora o nosso governo laico da' tolerancia de ponto e honras oficiais a tao insigne figura .
O que continua mal ? Assunto para muita controversa que nao se deve Mexer num espaco tao exiguo nao da'
Os espacos grandes ? nao o querem !!
So para vosso conhecimento dos que nao sabem quando visitava uma ilustre Familia em Lisboa ,na altura e almocava ou jantava . sentava-me aonde sua Excia o Sr. Cardeal Cerejeira se sentava como convidado da casa mas como veem nada se me pegou . Nos primeiros tempos da minha puberdade ainda fui um fiel servidor mas depois a minha intelegencia ficou esclarecida de tantos pontapes que recebi e via outros apanharem, e
vejam a que pontos eu cheguei !
Agora so' me resta a minha ja' famosa ladainha de Peniche
Salvem o Porto de Pesca , Salvem o Hospital - que eu julgava que ja esva salvo, Salvem Peniche
Reparem a ETAR e Sereis Salvos
Manuel Joaquim Leonardo
Peniche Vancouver Canada

 
At 7/5/10 21:28, Blogger Farelhão disse...

Manuel, meu bom irmão, você vai parar ao inferno. Mas ainda está a tempo de se redimir: se oferecer uma boa quantia ao santuário de Fátima, se lá for a pé e se chorar lágrimas verdadeiras (sugiro a auto-flagelação, ao bom estilo João Paulo II), então terá hipóteses de passar pelo purgatório e, se conseguir ultrapassar a prova extrema (ver 3 filmes seguidos do Manoel d'Oliveira), pode ser que o senhor, na sua infinita bondade, permita que lhe beije as sandálias.
Juízo, meu irmão, e nada de blasfémias.
Que a virgem o abençoe.

 
At 8/5/10 13:03, Anonymous Anónimo disse...

Farelhão, o senhor é bastante limitado de ideias e na sua educação, mas se assim é, escuse-se a comentários desrespeitadores àquela que é a mais transversal característica dos mortais - a Dignidade Humana.
Seabra Lapuerta

 
At 8/5/10 17:00, Anonymous Anónimo disse...

Ainda se poderia dizer que esta visita iria incrementar a indústria Portuguesa ou a economia local, mas nem isso!

Os crucifixos e Santinhas, já são todos Made in China, e o pagamentos de milagres não estão sujeitos a IRC ou IVA.

JJ

 
At 8/5/10 19:44, Anonymous Marretadas disse...

Nada de pânico; podemos todos pedir as graças aos sacerdotes maçons que por aí abundam. Então sim; teremos possibilidade de alcançar o Paraíso antes do tempo! Ah valentes!

 

Enviar um comentário

<< Home