quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Outros Amigos de Peniche, a mesma luta.

“....Basta assistir, por exemplo, a qualquer hora do dia, ao desrespeito constante dos sinais de trânsito que regulam o percurso do Largo 5 de Outubro/Largo D. Pedro V/Rua José Estevão...a ignorância fingida de uns, o atrevimento de outros e a prepotência de muitos, raríssimas vezes são penalizadas: ou porque há quem veja e não pode, ou porque quem pode não vê ou não quer ver – como parece ser o caso, tantas são as reclamações....
Este é, pois, um dos capítulos indiciadores do crescimento da mediocridade em Peniche
.....”

J.J. Vitorino Pedrosa in “ A Voz do Mar” edição nº1223 de 12 de Fevereiro de 2008

5 contributos:

At 20/2/08 20:02, Anonymous Carapau disse...

Penso que não há muito mais a dizer. É exemplo da demissão por parte das autoridades, nomeadamente a PSP, das suas responsabilidades e claro da falta de formação de muitos outros (aqueles que lá estacionam).

 
At 21/2/08 10:25, Anonymous pb disse...

De facto, acerca deste assunto já tudo aqui foi dito em posts e comentários anteriores. É na cidade, é no Baleal...
Enfim, mais um sinal do atraso crónico de que padece Peniche.

 
At 21/2/08 11:05, Anonymous Anónimo disse...

Peniche continua a ser uma espécie de aldeola mas com umas contribuições autárquicas "nada meigas"!

 
At 21/2/08 11:08, Anonymous Anónimo disse...

E sobre o acampamento instalado no meio da cidade, parece-me, que está a aumentar de dimensão e de sujeira naquele espaço. A autarquia bem que pode mandar para lá os seus funcionários todos os dias, pois aquilo está sempre com lixo espalhado.

 
At 21/2/08 14:10, Blogger jp disse...

No final do actual mandato autárquico existirão, como é normal, opiniões díspares, umas enaltecendo, outras denegrindo o desempenho do actual executivo.
Porém, nos dois assuntos atrás focados, o "fracasso pedonal" e o acampamento cigano, a falta de qualquer avanço ou medida, conduzirá a uma condenação unânime.
O que me surpreende é que não vejam que isso poderá fazer a diferença....

 

Enviar um comentário

<< Home