terça-feira, julho 05, 2011

Concelho de Atouguia da Baleia


Nos recém-publicados resultados dos Censos 2011, ressalta para o Concelho de Peniche, nos últimos 10 anos, a perda significativa de população na cidade (cerca de 6%), compensada com um maior aumento da população nas freguesias rurais (cerca de 11%).
Poderemos atribuir estes resultados a uma desmesurada especulação imobiliária na península.
Mas também poderão resultar duma degradação da qualidade de vida / atractividade da cidade quando comparada às freguesias rurais limítrofes.
Do que tenho a certeza é que tais valores impõem uma apurada reflexão.
Tanto mais que, a manter-se a tendência actual, será já daqui a 30 anos (em 2041) que a população de Atouguia da Baleia igualará o conjunto das freguesias urbanas, legitimando, assim, a eventual retoma a sede do município.

6 contributos:

At 5/7/11 12:39, Anonymous Anónimo disse...

De facto, são necessárias medidas de regeneração urbana para a zona histórica da cidade. Mas a especulação nunca foi amiga da resolução dos problemas. Procuremos soluções e não especular.

Cumprimentos,

Virgílio Lopes

 
At 5/7/11 21:29, Anonymous pb disse...

Não é só a especulação imobiliária.
Vários amigos meus (pelo menos 4) mudaram-se de Peniche para a Atouguia nos últimos 3 anos. Dizem-me que Peniche está a ficar um enorme bairro social e que preferem ter os filhos a crescer e ir à escola na Atouguia.

 
At 5/7/11 22:22, Blogger Carlos Alberto Tiago ( FUA ) disse...

Não sei até que ponto este censo tem a capacidade de nos dar essa informação o mais correta possível e ao olhar para ela reparo que a minha freguesia (S.Pedro) aumentou em 33 pessoas nestes 10anos, não obstante grande parte das ruas limítrofes à Igreja de S. Pedro e até ela própria, virem designadas como pertencendo à Freguesia de Conceição.

 
At 6/7/11 12:31, Anonymous Anónimo disse...

Quem terá definido os limites de freguesias para efeitos dos censos?
Deixo apenas a pergunta no ar...

 
At 6/7/11 19:06, Anonymous Anónimo disse...

O surf é muito bonito, mas Peniche precisa de investimento, empresas com projectos, podem dizer o que quizerem mas os ENP sao um bom exemplo, é concreto, entra dinheiro regularmente enquanto o surf, depende de muitos factores incontrolaveis.
Nao havendo trabalho as pessoas nao ficam, precisamos de leaders, e nao de demagogia e festas com o culto da personalidade, basta ver o que aconteceu nos paises de leste, tb era so festas e aldrabices.

 
At 9/7/11 18:10, Anonymous Anónimo disse...

Vamos dedicar-nos à construção de embarcações e veremos acontecer o que acontece em outras localidades, despedimentos...
O surf é continuo porque as ondas não acabam e continuaram a chamar turistas. Basta ver as cidades que optaram por este tipo de investimento e ver o seu desenvolvimento. Peniche tem a melhor vocação a nível europeu para ser considerada uma "Meca" do Surf.

 

Enviar um comentário

<< Home