segunda-feira, julho 11, 2011

O Hospital que faz...ping

A situação do piso cirúrgico do Hospital de Peniche passou, em 22/6/2011, de fecho provisório a comprovado encerramento definitivo (ver links do post anterior).
Todo o respectivo equipamento operacional manter-se-á a brilhar sob a caliça do velhinho e caduco Hospital de Alcobaça.
Tal não será a morte do hospital local, mas já pouco mais lhe resta que continuados cuidados paliativos.
Ou talvez que nos deixem ficar com uma máquina que faz "ping"...



7 contributos:

At 11/7/11 10:22, Blogger Zé Pedrosa disse...

Só falta mesmo é o golpe de MISERICÓRDIA (se é que me faço entender...)

 
At 11/7/11 13:46, Anonymous Anónimo disse...

O governo anterior era PS, onde está a influência do deputado de Peniche na Assembleia da República ? Isto só demonstra que esse deputado não tem capacidade política para modificar decisões que foram tomadas já nessa altura. Mentiram mais uma vez e as decisões foram tomadas por interesses e por personagens influentes. Por estas e por outras é que o número de deputados devia ser muito reduzido.
Quem te manda a ti sapateiro, tocares rabecão?
Já estão com medo que o Hospital passe para a Misericórdia? Antes para a Misericórdia mas ABERTO, do que nas mãos do estado, mas parte dele fechado...

 
At 11/7/11 14:02, Blogger zeX02 disse...

Pois! Como diz o Zé Pedrosa, falta mesmo é o golpe de Misericordia... de Alcobaça. Alguem entende este estado de coisas? Alguem entende, que sendo Peniche, uma cidade com 24h/dia de trabalho, não tenha as condições necessarias para socorrer os acidentados? Só mesmo neste País à beira-mar plantado, ou por isso mesmo!!!!! Cá para mim como o mar não dá batatas, não é isso, o que queria dizer é que no mar não se plantam batatas ou outro tipo qualquer agricola, logo, Peniche fica dentro de água....

 
At 11/7/11 14:03, Anonymous Anónimo disse...

Já há tempos que se sabia que o hospital de Peniche iria ser um hospital de fim de linha, ou seja, para onde serão enviadas as pessoas em fase terminal.
Não houve capacidade das entidades locais e população para contraria este destino.
Os alcobacenses agradecem aos penicheiros!!!

 
At 12/7/11 17:07, Anonymous Anónimo disse...

Só expeculação. Aliás, em Peniche somos especialistas.

 
At 12/7/11 23:32, Anonymous Anónimo disse...

Uma dúvida me importuna: não foram os actuais decisores políticos, que noutros tempos se pavonearam pelos êxitos alcançados nesta matéria? Onde está a coragem para neste momento, de extrema delicadeza, resolverem tão pertinente tema? O rumo que peniche está a seguir é o garante de um muito mau pronúncio, apenas justificado pela ganância de quem nos representa! "Amar peniche, sempre", lembram-se? Se isto é Amor por Peniche, que forma tão estranha de Amar...

 
At 13/7/11 12:29, Anonymous Anónimo disse...

Entao e o Assessor do Adjunto do Adjunto do Ministro...que diz disto? Agora está mais preoucupado com a tachada? Com este novo Ministro da Saúde a coisa vai ser dura, corta ali, corta acolá. Ficamos sem nada. Queres médico? vais ali às Caldas ou à clínica privada.

 

Enviar um comentário

<< Home