segunda-feira, abril 02, 2007

Prospectivar Peniche

Com vista à elaboração da Magna Carta Peniche 2025, a Câmara Municipal de Peniche está a organizar uma série de ateliês prospectivos, abertos à população, onde em 4 áreas distintas, Ambiente Social, Dinâmicas Locais, Mar e Economia, se podem debater, discutir e prospectivar vários cenários e desafios estratégicos para o futuro de Peniche.
Só posso congratular a CMP por esta oportunidade, que não deixei de aproveitar, para manifestar a minha opinião, e também de certo modo veicular as ideias que por aqui se têm apresentado e debatido. É pois com grande expectativa que aguardo as conclusões finais desta interessante iniciativa.

5 contributos:

At 3/4/07 03:52, Anonymous Anónimo disse...

Eu acho isto tudo uma grande treta, até parece que somos uma cambada de ignorantes e que precisamos de doutores e engenheiros que não são nada à nossa Cidade pa virem cá dizer o que é que ela precisa. Isso é que me faz confusão, o resto até compreendo que se queira planear.

 
At 3/4/07 12:33, Anonymous Anónimo disse...

Interessante essa forma de planear à "chico-esperto" de que fala. Só com os de cá e para os de cá. Sem doutores nem engenheiros. É disso que temos vivido. Os presidentes à secretária a tomarem decisões de milhões assim de hoje para amanhã.
O concelho que hoje temos resulta em grande parte dessa forma de trabalhar que o caro anónimo anterior defende. Quer mais do mesmo?

 
At 3/4/07 13:52, Anonymous Anónimo disse...

Ó meu querido você se não sabe ler aprenda a ler em português ou traduza para russo aquilo que eu disse. Planear sim! Com os que são de cá ou quer fazer-me crer que não há doutores e engenheiros em Peniche? Talvez na Rússia haja...

 
At 3/4/07 15:06, Blogger jp disse...

Um executivo autárquico, eleito democraticadamente, tem legitimidade para planear e projectar sem mais ter de consultar a população, uma vez que já foram eleitos para esse efeito.
Quaisquer oportunidades posteriores que sejam facultadas à população, são bónus que deverão ser aproveitados.
A minha participação nesta iniciativa pôde verificar que entre os participantes também se encontravam alguns "doutores e engenheiros de Peniche", que activamente participaram construtivamente na discussão, tal como outros ilustres anónimos que, com igual destaque, souberam estar presentes para enriquecer o debate.

 
At 3/4/07 16:35, Anonymous pb disse...

Caro anónimo das 3:52: exactamente por essas ou algumas dessas pessoas "não serem nada" a Peniche é que talvez possam ajuizar friamente os factos em debate, sem quaisquer laços emocionais ou interesses pessoais pelo meio.
E se calhar é por em Peniche se achar sempre que se sabe tudo e não é preciso ninguém de fora para opinar ou aconselhar, que as coisas (muitas coisas) estão no bonito estado em que estão.

 

Enviar um comentário

<< Home