domingo, setembro 06, 2009

Pesar

(ver Info1 e Info2)

11 contributos:

At 7/9/09 11:59, Anonymous Anónimo disse...

...Este foi o ÚNICO jogo que o Diogo perdeu ...mas porque foi à traição!... Nós (todos), perdemos um AMIGO, um GRANDE AMIGO!
JMM

 
At 7/9/09 12:09, Anonymous Anónimo disse...

Finalmente a doença fez cheque-mate ao grande Diogo. Peniche muito lhe fica a dever pelo esforço e dedicação que desde sempre o Diogo revelou, sobretudo juntos dos mais pequenos, ensinando a prática do xadrez, jogo que em muito contribui para o desenvolvimento intelectual.
Merecia que, num final reconhecimento a autarquia em conjunto com Federação Portuguesa de Xadrezas e as colectividades locais que se quizerem associar, promover um torneio anual de Xadrez no Concelho de Peniche. Fica a sugestão para perpetuar o nome de um grande Amigo de Peniche.
Francisco Salvador

 
At 7/9/09 12:55, Anonymous Anónimo disse...

Do que com ele contactei, só tenho a dizer que lamento profundamente o seu desaparecimento tão prematuro. Grande homem, com uma maneira de ser e de estar, que qualquer um de nós gostaria...

MMH

 
At 7/9/09 13:31, Blogger Raul Correia disse...

Faço das palavras do Sr. Francisco Salvador as minhas.
Todos nós perdemos um grande homem e um grande amigo.

 
At 7/9/09 18:27, Blogger manuel disse...

Possivelmente conheceria o Diogo mas pelo o que eu leio ª o Diogo nao era uma pessoa qualquer em Peniche ª. Homenagens depois de as pessoas morrerem acho sempre bem quando merecidas mas eu sempre como muito curioso que sou pergunto , enquanto vivo alguem se lembrou de uma maneira qualquer tentar publicamente enaltecer as qualidades humanas de Diogo ?
A todos os Familiares as minhas mais sentidas condolencias .

Manuel Joaquim Leonardo

 
At 7/9/09 18:52, Blogger manuel disse...

Eu conhecia o Diogo embora sem muita intimidade.MJLeonardo

 
At 7/9/09 21:33, Blogger Carlos Alberto Tiago ( FUA ) disse...

O jogo da vida é mesmo assim . Um grande Homem , um notável mestre do xadrez e um mestre informático.
Do pouco que sei a ele e à sua equipa o devo , mas a ele o meu obrigado por me ter "aturado" tantas e tantas vezes . O mestre partiu , mas o Homem ficará para sempre na minha memória.

 
At 8/9/09 00:22, Blogger pvnam disse...

«........mini-spam........»
A Civilização do respeito do espaço dos outros... versus... a Civilização das corridas demográficas...
Todos Diferentes! Todos Iguais!
{TODOS os povos - quer os de maior, quer os de menor, rendimento demográfico - devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta}


---> Os Anti-racistas são intolerantes para com que é diferente: eles não aceitam que os povos nativos que, pacatamente, apenas procuram sobreviver no planeta, possuam o Direito de ter o SEU espaço no planeta.
—> Os 'paladinos' do anti-racismo são precisamente aqueles povos (africanos, asiáticos, etc) que estão numa corrida demográfica pelo controlo de novos territórios… eles pretendem possuir 'carta branca' para ocupar e dominar os territórios que muito bem entenderem...

Apoiantes da ideologia Anti-racista:
1- os 'paladinos' [são aqueles que estão numa corrida demográfica pelo controlo de novos territórios];
2- capitalistas selvagens (venham mais consumidores);
3- os negociatas-fáceis (são os seguidores daquela GRANDE TRADIÇÃO EUROPEIA: negociatas fáceis tipo -> exploração de escravos, roubo de territórios a povos indígenas, mão-de-obra servil imigrante ao preço da chuva);
4-Os seguidores da lavagem cerebral (propaganda) levada a efeito pelos 3 anteriores.
{Uma observação:Os anti-racistas são iguais àquelas personalidades históricas - de má memória - que também adoravam inventar teorias com um objectivo muito preciso: negar a outros... o Direito de evocar a legitimidade da sobrevivência da sua Identidade}


---> Para além da GRANDE TRADIÇÃO EUROPEIA (vulgo negociatas-fáceis), existe uma UMA GRANDE TRADIÇÃO UNIVERSAL: a existência de povos autóctones no SEU espaço.
--->>> Concluindo: antes que seja tarde demais, há que mobilizar, para o SEPARATISMO-50-50, aquela minoria de europeus que possui disponibilidade emocional para abraçar um projecto de Luta pela Sobrevivência...


P.S.
Kosovo... uma pergunta para os Sérvios (e não só): vocês não têm vergonha de ser tão parvos?
É óbvio que ao perderem o controlo demográfico [ficando à mercê de alienígenas (não nativos) já naturalizados - e com uma demografia imparável]... a 'coisa' iria ser (mais tarde ou mais cedo) desmantelada...
Uma obs: Um sítio aonde não se procede à renovação demográfica - leia-se uma SOCIEDADE SUSTENTÁVEL - não é um país...... é (está condenado a ser -> mais tarde ou mais cedo,) UMA 'COISA' PRESTES A SER DESMANTELADA.

 
At 8/9/09 08:53, Blogger jp disse...

Tem todo o mérito a ideia dum torneio anual de reconhecimento lançada por Francisco Salvador, uns comentários atrás.
Se não nos habituarmos a perpetuar assim a memória dos verdadeiros Amigos de Peniche, nunca conseguiremos que nos deixem de associar aos "outros".

 
At 8/9/09 16:32, Anonymous João Paulo Jorge disse...

Caro JP
Como pai de uma jovem xadrezista deixo aqui o meu testemunho. De facto não existem palavras para descrever o Diogo, como Homem e como pedagogo excepcional no ensino do xadrez aos mais jovens. A relação que conseguia estabelecer com os miúdos era tocante, nunca se lhe ouviu um tom de voz mais alto, nunca da parte dos jovens se lhes viu qualquer assomo de falta de respeito. E a correcta atitude desportiva que tão bem soube incutir foi muito mais importante que o aspecto técnico e competitivo ( e aqui o sucesso foi estrondoso, em 3 anos de existência, a secção conseguiu 4 títulos nacionais de jovens e foi o clube que mais jovens cedeu à selecção nacional no ultimo campeonato europeu de jovens)

Era um dos objectivos do Diogo a realização de um torneio nacional de jovens que se tornasse referência.Como dirigente da secção se Xadrez da AEFCR Penichense empenhar-me-ei para que a ideia aqui lançada pelo Francisco Salvador se torne realidade o mais breve possível.

João Paulo Jorge

 
At 8/9/09 19:55, Blogger jp disse...

Caro João Paulo Jorge,

Resta-me manifestar um solidário apoio ao empenho patenteado e disponibilizar-me para colaborar em toda a divulgação do projecto.

 

Enviar um comentário

<< Home